Home
Videos
Edições impressas
Jornais anteriores
Contato
Sobre nós
Dia 13 de março, estive aí!
15 de março de 2015 Notícias
Recomende essa matéria pelo WhatsApp

As manifestações em várias partes do País seguiram a mesma pauta definida pelas Centrais Sindicais e Movimentos Sociais que foram: Defesa da Petrobrás, e Constituinte pela Reforma Política. Pauta extremamente importante neste momento, frente à crise posta com o objetivo de desgastar o governo popular do PT e alimentar nos setores, principalmente na classe média o ódio  aos projetos sociais dos governos Lula e Dilma.

A manifestação na Paulista, seguida de uma passeata até a Praça da República embaixo de uma tempestade,  (participei do ato ao lado de muitos companheiros da antiga) foi muito linda! Havia um batuque animadíssimo organizado pelos companheiros do MST e UNE. Professores da rede estadual que participavam de uma Assembléia na  Avenida se uniram ao Ato, alguns carros de som levavam dirigentes inclusive mulheres, que discursavam apaixonadamente, pude observar, as centenas de pessoas fora do ato, acenando que concordavam com o que ouviam. Havia um companheiro que fez um discurso belíssimo, mostrando a importância da Petrobrás, os interesses internacionais que estavam por trás da crise, citou a situação na Venezuela, o cara muito consciente!, Fiquei a maior parte ao lado deste carro de som. A forte chuva deixava os manifestantes mais animados que, literalmente dançavam na chuva!

Foi um momento histórico! Muitos  militantes antigos  estavam presentes e comemoravam. Era possível, naquele clima, perceber que o sentimento de todos que ali estavam era de que estas manifestações ocorridas em todo o país contribuía para barrar a tentativa golpista da direita. Houve muitas manifestações de "Fora a Globo e o golpe  pois não passarão com o povo nas ruas".Havia muitos cartazes com palavras de ordem: Fica Dilma! Constituinte Já!, Reforma Política e Prisão aos corruptos.

Segundo os organizadores do Ato havia na Paulista 40 mil manifestantes. Mas o que conta foi a qualidade do ato, foi um ato político de extrema importância neste momento. Só não foi maior, porque, quem não saiu do armário foi a direção do PT.  Se o PT tivesse mobilizado e colocado sua estrutura à disposição da militancia, tivesse estabelecido o debate nas bases sobre o golpe que a direita articula, possivelmente teríamos mais de 100 mil na manifestação.

Domingo vão para as ruas, os movimentos anti PT e anti governo. Conhecemos bem esta turma!  Estão fazendo um barulho pra botar o máximo que puderem nas manifestações. Acredito que será numeroso, pois contam com a estrutura da mídia golpista que tem convocado descaradamente, informando o dia a hora e o local. Contam ainda com o apoio da oposição ao governo, PSDB, DEM, os Bolsonaros, até pelo pastor Malafaia (este evangélico que pela TV convoca seus fieis e grupos de redes sociais fascistas, financiados pelo capital financeiro e a grande burguesia).

Mas se pensavam que após a manifestação de domingo, já na segunda assinariam o impeachment da presidente Dilma, as manifestações populares do dia 13 em todo o país, ainda com todas as dificuldades de mobilização, com certeza frustaram esta expectativa da direita.

Marta R. Costa
14 de março de 2015


{Acessos: 120}
Recomende essa matéria pelo WhatsApp


Faça seu Comentário



Comentários
Nenhum comentário para esse conteúdo.
EDITORIAL:

Eleições na Venezuela e a luta pela liberdade de Lula
Jamais uma revolução social enfrentou tantas eleições, em condições extremas de guerra econômica e ameaças do imperialismo, conspiração interna e sabotagens; mesmo assim teve continuidade com base no voto popular. Aprender as lições da Venezuela; centrar fogo na libertação e eleição de Lula em 2018.
Receba nossa newsletter

Videos recentes
Suplementos Especiais
Links Recomendados
Matérias recentes
Noticias recentes
Batalhas de Ideias
Comunicação
Ganma Hispan TV Press TV Russia Today TeleSUR
Palavras-chave
J. Posadas - Obras publicadas
Leituras sugeridas
A FUNÇÃO HISTÓRICA DAS INTERNACIONAIS Del Nacionalismo Revolucionario al Socialismo Iran - El proceso permanente de la revolucion Iran - El proceso permanente de la revolucion La musica, El Canto, La Lucha Por el Socialismo
Desenvolvido por Mosaic Web
Recomendar essa matéria: