Home
Videos
Edições impressas
Jornais anteriores
Contato
Sobre nós
Ele Não! Nele Nunca!
19 de setembro de 2018 Artigos
Recomende essa matéria pelo WhatsApp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sou Mulher e #nelenunca!

Como mulher negra, não sou vítima, sou protagonista da história deste país.

Trabalhei em escola pública, concursada, por trinta e sete anos. Destes, mais de 25 com crianças na faixa etária  de seis a dezesseis anos. Sempre lutamos e muito, por uma escola pública, democrática e de boa qualidade. Levei muitas corridas da PM, ataques de gás lacrimogêneo e gás de pimenta, defendendo, os nossos direitos como cidadãs, reivindicando escola laica, com bom  nível de qualidade de ensino  e universal, para os nossos filhos. Fiz Cesgranrio no meu tempo, não precisei de Cotas, mas sou totalmente a favor das políticas afirmativas, é uma dívida que a oligarquia tem conosco. Escravos sequer foram indenizados ou assentados em moradias decentes, etc, quando assinaram a Lei Áurea. 

Sou um tiquinho mais velha e um ticão bem mais cansada de políticos oportunistas como este, portanto, creio que temos o direito de ser felizes de novo! Não caio nesta balela de que o Coiso será o Salvador. Se tivermos mais escolas, dignas, precisaremos de menos presídios.

Escola sempre foi o lugar para ensinar e nunca foi o lugar em que se dá a escolha de gênero.  Muitas crianças são violadas em suas próprias casas, por um parente ou gente muito próxima, isto já está mais do que provado. 

Também quero um presidente honesto, que respeite a nossa pátria, o nosso patrimônio e que não o saia doando aos interesses estrangeiros, como já fizeram os militares que sempre permitiram infiltrados na Petrobrás ou grandes estatais  e que, quando se viram impedidos nos governos Lula e Dilma, deram logo um jeito de inverterem os papéis e se fazerem de Santos, num denuncismo generalizado... desrespeitando os próprios trabalhadores e inviabilizando o país para o próprio brasileiro.

Alguém ouviu essa peste dizer que vai melhorar a situação dos servidores públicos?

Estancar os assassinatos de policiais? Encarar as milícias? Aumentar o número de Universidades Públicas, taxar as grandes fortunas? Empregar mais verbas nos serviços federais, etc? Sua promessa perpassa em armar o cidadão. Se um negro foi alvejado porque confundiram o seu guarda-chuva com uma arma, como há alguns anos um outro também com uma furadeira, foi alvejado... Imagine a elite, não é a tropa de elite, é a elite armada....ou vai ter uma bolsapistola, patrocinada pela indústria armamentista mundial, garantindo a cada cidadão uma arma minha vida? 

A elite fazer de um traste um mito, já é demais...

Não podemos embarcar neste submarino furado!!!

Haddad e Manuela são os capitães em que Lula depositou a missão para reconduzir o nosso povo à sua dignidade e à soberania nacional do país.

Cremilda Moreira
Professora da escola pública no Rio de Janeiro

#elenunca


Palavras-chave: Bolsonaro;ele não;racismo;eleição;educação;mulher

{Acessos: 89}
Recomende essa matéria pelo WhatsApp


Faça seu Comentário



Comentários
Nenhum comentário para esse conteúdo.
EDITORIAL:

Apoio incondicional à candidatura Haddad-Manuela e à coligação!
Pela composição mais ampla com todas as forças de esquerda, progressistas, nacionalistas e democráticas e dissidentes do regime ditatorial neoliberal e fascista! É preciso contar com as divergências do inimigo. É preciso emplacar Haddad no primeiro turno.
Receba nossa newsletter

Videos recentes
Suplementos Especiais
Links Recomendados
Matérias recentes
Noticias recentes
Batalhas de Ideias
Comunicação
Ganma Hispan TV Press TV Russia Today TeleSUR
Palavras-chave
J. Posadas - Obras publicadas
Leituras sugeridas
A FUNÇÃO HISTÓRICA DAS INTERNACIONAIS Del Nacionalismo Revolucionario al Socialismo Iran - El proceso permanente de la revolucion Iran - El proceso permanente de la revolucion La musica, El Canto, La Lucha Por el Socialismo
Desenvolvido por Mosaic Web
Recomendar essa matéria: