Home
Videos
Edições impressas
Jornais anteriores
Contato
Sobre nós
Livro de PML deslinda a operação deslegitimação da Lava-Jato
19 de março de 2016 Batalha de Ideias
Recomende essa matéria pelo WhatsApp
Paulo Moreira Leite

O jornalista FC Leite Filho, apresenta abaixo e publica no blog www.cafenapolitica.com.br sua entrevista ao jornalista Paulo Moreira Leite. Esta entrevista mereceu destaque na seção dos "Videos Recentes"do portal deste jornal.

 

O jornalista Paulo Moreira Leite, autor do livro “A outra história da Lava Jato”, conta, nesta entrevista a FC Leite Filho, do cafenapolitica.com.br, como o juiz Sérgio Moro concentrou suas atenções para deslegitimar os políticos e desmoralizar o governo da presidenta Dilma Rousseff.


Ele tira suas conclusões a partir do artigo de Moro, datado de 2004 e intitulado Considerações sobre a Operação Mani Pulite (Mãos Limpas). Neste documento, relata PML, Moro adota aquela experiência como modelo de combate à corrupção, inclusive indicando o que fará no Brasil, quando assume o comando da Operação Lava-Jato, em março de 2014.


Como as Mãos Limpas, Moro vai se centrar na deslegitimação dos políticos, através de uma aliança com a imprensa, sobretudo através dos vazamentos ilegais, tal como como sucedeu na Itália. Como se recorda, a Mani Pulite prendeu centenas de políticos e empresários, provocando o caos partidário que implodiu, praticamente, todos os partidos, e gerou profundas perdas para a economia nacional. Deste contexto inusitado, acabou surgindo a figura caricata de Sílvio Berlusconi, considerado um dos políticos mais corruptos da história, mas que governou o país por mais de dez anos, a partir de 1994, quando a Mani Pulite chegava a seu fim.

Outra característica da Mãos Limpas que PML associa à Lava-Jato brasileira refere-se às denúncias quanto à aliança com os serviços de segurança dos Estados Unidos. “O trabalho da operação era partilhado inteiramente com o escritório da CIA, em Milão (sede da Mãos Limpas): quem vai ser investigado, quais os casos a serem analisados, e quem vai ser interrogado”.
– E isso quem disse foi o embaixador americano (Reginald Bartholomew) em entrevista a um jornal (La Stampa)”, observa Paulo Moreira Leite.


Em seu livro, PML chega a dizer: “Para o embaixador (Bartholomew), o ponto grave, no aspecto jurídico, é que os tribunais se mostravam inteiramente intimidados pela ação do Ministério Público”. Na nossa entrevista, PML ainda foi perguntado se Michel Temer, o vice-presidente da República, terá condições de governar o Brasil, no caso de afastamento da Dilma, já que também foi citado na Lava-Jato. Ou se o poder vai ser passado a um tecnocrata, como aconteceu com a deposição branca de Berlusconi, substituído pelo banqueiro Mário Monti, através da cooptação da maioria parlamentar, sob o fogo de uma blitz midiática. Ou ao próprio juiz Sérgio Moro, o hoje grande herói da mídia.
—–


Por FC Leite Filho


Veja também:
 Entrevista com Paulo Moreira Leite sobre o livro “A outra história do Mensalão”


{Acessos: 123}
Recomende essa matéria pelo WhatsApp


Faça seu Comentário



Comentários
Nenhum comentário para esse conteúdo.
EDITORIAL:

Eleições na Venezuela e a luta pela liberdade de Lula
Jamais uma revolução social enfrentou tantas eleições, em condições extremas de guerra econômica e ameaças do imperialismo, conspiração interna e sabotagens; mesmo assim teve continuidade com base no voto popular. Aprender as lições da Venezuela; centrar fogo na libertação e eleição de Lula em 2018.
Receba nossa newsletter

Videos recentes
Suplementos Especiais
Links Recomendados
Matérias recentes
Noticias recentes
Batalhas de Ideias
Comunicação
Ganma Hispan TV Press TV Russia Today TeleSUR
Palavras-chave
J. Posadas - Obras publicadas
Leituras sugeridas
A FUNÇÃO HISTÓRICA DAS INTERNACIONAIS Del Nacionalismo Revolucionario al Socialismo Iran - El proceso permanente de la revolucion Iran - El proceso permanente de la revolucion La musica, El Canto, La Lucha Por el Socialismo
Desenvolvido por Mosaic Web
Recomendar essa matéria: