Home
Videos
Edições impressas
Jornais anteriores
Contato
Sobre nós
Vídeo entrevista: Xingamento a Dilma dentro da Conjura Midiática
19 de junho de 2014 Notícias
Recomende essa matéria pelo WhatsApp
Beto Almeida e FC Leite Filho

Publicado por FC Leite Filho no www.cafenapolitica.com.br

A campanha contra a realização da Copa do Mundo, que redundou na vaia e xingamento à presidenta Dilma Rousseff, na abertura do torneio mundial, em 12 de junho último, já tinha sido detectada pelo vice-presidente da Venezuela, Jorge Arreaza, no fórum sobre a Conjura Midiática.
Reunindo, em Caracas, jornalistas, blogueiros e intelectuais da América Latina, Europa e Ásia, nos dias cinco e seis de julho, o fórum, convocado analisar o último ataque midiático à Venezuela, ouviu do vice-presidente Arreaza que “O Brasil está sendo alvo porque esta Copa se realiza em um país da Celac, da Unasul, do Mercosul, e também membro dos Brics, além de ter uma política externa anti-imperialista, de solidariedade a Cuba e Venezuela, e por defender a integração latino-americana. Dilma está sentindo as garras do vampiro imperial”.

 
A informação é do jornalista Beto Almeida, que representou o Brasil, ao analisar com FC Leite Filho, nesta entrevista ao Café na Política, as conclusões do evento (veja documento no vídeo abaixo). Beto, que é presidente da TV Cidade Livre de Brasília (canal comunitário no número 12 da NET), também adiantou algumas medidas anunciadas e que se traduzirão nos seguintes itens:
1) Construir um sistema alternativo de comunicação, por parte dos países progressistas, com capacidade tecnológica e econômica, como Rússia, China, Irã, Brasil, Argentina e Venezuela. Seria uma outra plataforma comunicacional, com uma central de internet, não centralizada em Miami, como acontece atualmente;
2) Fortalecer o sinal da Telesur, cadeia multiestatal sediada na Venezuela e com participação da Argentina, Equador, Bolívia, Brasil e Cuba, ampliando seu sinal, já começando agora em julho, com as transmissões em inglês, além do espanhol e português;
3) Convocar os ministros da Comunicação da ALBA e, em seguida todos os ministros dos 12 países da América do Sul, integrantes da Unasul;
4) Estimular os governos a considerar a comunicação como fator estratégico;
5) Sensibilizar as autoridades, inclusive chefes de Estado, muitos deles vítimas de ações desestabilizadoras, para que eles próprios se comuniquem diretamente e daí implementar medidas que conduzam à pluralidade informativa.

Vídeo das conclusões do Fórum Conjura Midiática


{Acessos: 176}
Recomende essa matéria pelo WhatsApp


Faça seu Comentário



Comentários
Nenhum comentário para esse conteúdo.
EDITORIAL:

Todo apoio a Lula que não se rende e registra sua candidatura neste 15 de agosto
Somente o povo mobilizado pode dar impulso à paralisia das instituições democráticas. Não só Lula Livre, mas Lula Presidente, requer um verdadeiro levante popular com ampla difusão nas TVs e rádios comunitárias, estendendo uma verdadeira Rede da Legalidade. Todos a Brasília, no dia 15 de agosto!
Receba nossa newsletter

Videos recentes
Suplementos Especiais
Links Recomendados
Matérias recentes
Noticias recentes
Batalhas de Ideias
Comunicação
Ganma Hispan TV Press TV Russia Today TeleSUR
Palavras-chave
J. Posadas - Obras publicadas
Leituras sugeridas
A FUNÇÃO HISTÓRICA DAS INTERNACIONAIS Del Nacionalismo Revolucionario al Socialismo Iran - El proceso permanente de la revolucion Iran - El proceso permanente de la revolucion La musica, El Canto, La Lucha Por el Socialismo
Desenvolvido por Mosaic Web
Recomendar essa matéria: